Contents

AWS x Azure: comparação de dois gigantes da plataforma em nuvem

Contents

Nos últimos anos, dois fornecedores líderes de serviços de computação em nuvem são, sem dúvida, Amazon Web Services (AWS) e Microsoft Azure. Essas plataformas passaram por um desenvolvimento considerável, fornecendo uma gama de serviços adaptados para atender a diversos requisitos de negócios. Para fornecer aos leitores uma avaliação completa dessas ofertas, este artigo conduzirá um exame detalhado de seus principais atributos, vantagens e desvantagens. Posteriormente, um gráfico de comparação abrangente será apresentado para fácil referência.

AWS

A Amazon Web Services, criada em 2006, constitui um componente integral da organização Amazon, oferecendo plataformas flexíveis de computação em nuvem e interfaces de programação de aplicativos acessíveis a usuários individuais, empresas e entidades governamentais. A AWS ganhou destaque por sua magnitude substancial e extensa variedade de ofertas que abrangem recursos computacionais, alternativas de repositório de dados e capacidades de interconectividade.

Principais recursos da AWS:

Elastic Compute Cloud (EC2) fornece servidores virtuais capazes de suportar uma ampla gama de requisitos de aplicativos. O Simple Storage Service (S3) é uma solução de armazenamento expansiva com durabilidade excepcional. O Amazon Relational Database Service (RDS) oferece um sistema de banco de dados gerenciado compatível com diversas opções de mecanismo de banco de dados. Além disso, o AWS Lambda é uma infraestrutura de computação sem servidor baseada em eventos que executa código com base em gatilhos específicos. Por último, o Identity and Access Management (IAM) serve como ferramenta de gerenciamento de segurança da AWS para regular o acesso aos seus recursos.

Prós da AWS:

A Amazon Web Services oferece uma ampla gama de serviços e ferramentas de computação em nuvem, superando aqueles oferecidos pelo Microsoft Azure em termos de alcance global, com zonas de disponibilidade e data centers localizados em um maior número de regiões em todo o mundo. Além disso, a AWS possui um ecossistema maduro que inclui suporte robusto da comunidade, documentação abrangente e uma infinidade de plug-ins de terceiros, tornando-a uma escolha popular entre usuários que buscam flexibilidade e versatilidade em suas soluções em nuvem.

Contras da AWS:

A estrutura de preços pode ser complexa, tornando difícil antecipá-la. Além disso, a extensa gama de ofertas pode ser assustadora para usuários novatos.

Azul

Após seu lançamento em 2010 sob o nome de Windows Azure, o Microsoft Azure é uma plataforma de computação em nuvem desenvolvida pela Microsoft que permite aos usuários criar, testar, implantar e gerenciar aplicativos e serviços por meio de data centers operados pela Microsoft. Oferecendo uma gama diversificada de serviços, como Software como Serviço (SaaS), Infraestrutura como Serviço (IaaS) e Plataforma como Serviço (PaaS), atende a várias linguagens de programação, estruturas e ferramentas, suportando soluções centradas na Microsoft. e tecnologias de terceiros.

Principais recursos do Azure:

O Azure oferece uma variedade de serviços em nuvem, incluindo máquinas virtuais, armazenamento de blobs, bancos de dados SQL, computação sem servidor com Azure Functions e gerenciamento de identidade por meio do Active Directory. Esses serviços permitem que os usuários implantem e gerenciem recursos na nuvem, armazenem dados não estruturados em escala, implementem soluções de banco de dados relacional, executem código orientado a eventos sem gerenciamento de infraestrutura e protejam o acesso a aplicativos e recursos usando identidade centralizada e gerenciamento de acesso.

Prós do Azure:

A plataforma oferece integração perfeita com uma variedade de produtos Microsoft, proporcionando aos usuários acesso a serviços robustos que atendem a ambientes de nuvem híbrida. Além disso, apresenta oportunidades de poupança de custos através do seu apoio a acordos empresariais, especialmente para organizações que já possuem subscrições de licenças Microsoft.

Contras do Azure:

A cobertura geográfica da AWS pode não ser tão extensa quanto a de alguns outros provedores de nuvem, o que pode resultar em maior latência para alguns usuários localizados mais longe de seus data centers. Além disso, o Microsoft Azure tem historicamente apoiado menos tecnologias que não sejam da Microsoft e de código aberto em comparação com outras no mercado.

Análise comparativa

A AWS possui uma ampla gama de ofertas disponíveis globalmente e possui funcionalidade superior quando comparada ao conjunto de recursos do Azure. No entanto, o Azure destaca-se pela integração perfeita com tecnologias Microsoft e oferece uma solução de nuvem híbrida mais coesa. Em termos de adequação, a AWS atende organizações maiores devido à sua ampla linha de produtos e base de usuários vibrante, enquanto o Azure pode atrair aqueles que estão profundamente enraizados no ecossistema da Microsoft.

A AWS apresenta uma opção atraente para startups e PMEs, graças à sua ampla gama de recursos e alternativas versáteis de escalabilidade. Por outro lado, grandes organizações, especialmente aquelas que dependem fortemente de tecnologias Microsoft, podem preferir o Azure, pois ele se integra perfeitamente às soluções existentes da Microsoft e oferece funcionalidades robustas de nuvem híbrida.

Tabela Comparativa

Conclusão

Ao decidir entre Amazon Web Services (AWS) e Microsoft Azure, fatores como necessidades específicas da sua organização, pré-requisitos técnicos e infraestrutura de TI atual devem ser levados em consideração. A AWS é a escolha ideal quando é necessária uma gama abrangente de ferramentas e acessibilidade mundial. Por outro lado, o Azure é especialmente atraente para empresas profundamente enraizadas no ecossistema da Microsoft devido ao seu suporte robusto para implantações de nuvem híbrida e compatibilidade unificada com produtos Microsoft. Notavelmente, tanto a AWS quanto o Azure expandem continuamente seus conjuntos de recursos para atender aos requisitos em constante evolução das empresas contemporâneas que operam no ambiente de nuvem.

Assine nosso boletim informativo de pesquisa de IA em rápida expansão, amplamente lido por especialistas de instituições de prestígio como Google, NVIDIA, Meta, Universidade de Stanford, Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Microsoft e inúmeras outras organizações líderes na área.

*️⃣ Link da fonte: